Se seus filhos insistem em ter um bicho de estimação para cuidar, faça a vontade deles. Más escolha um que não precise levar para passear e nem consultar o veterinário. Um, simplesmente, decorativo. Nos passeios e viagens de férias, com frequência vamos a lugares onde as crianças têm mais contatos com animais.

Em especial se em vez de praia, optamos por montanha. Por exemplo, em uma fazenda, sítio, ou visitando aquela tia do interior. Com toda a certeza, na volta pra casa, as crianças vão pedir um bichinho de estimação. Querem algum animal doméstico para mascote. Pensamos em um animal pequeno, fácil de cuidar, más com as plantas dos apartamentos atuais cada vez menores, ainda assim é complicado. Como resolver?

1

Compramos um animal de estimação assim que descobrirmos qual o preferido da criança, más não um de verdade, um que seja divertido e com acessórios criativos, perfeito para a casa e principalmente para a parede do quarto das crianças, estou falando do adesivo de parede bucólico de árvore, com pássaros e outros bichos que podem ser acrescentados conforme a vontade da criança. Fácil de ser encontrado e encomendado pela internet.

O adesivo vinílico é autocolante e resistente a água, com acabamento fosco, passa a impressão de que foi pintado direto na parede. Se enjoar é só tirar, não deixa resíduos ao ser retirado. É possível comprar um kit completo em lojas online e também é encontrado em outros temas. Se a sua parede já é decorada ou você não quer colocar vinil, o chão é a outra opção, basta colocar tapete com motivos de animais.

2

É possível encontrar tapetes com estampas de bichos, ou estampas que remetem a natureza, um verde grama ou com um toque natural como o sisal. Outra forma de trazer os bichos para morar no quarto das crianças é através da roupa de cama, com jogos de lençóis, edredons e almofadas, para jogar no chão na hora das brincadeiras. Outra dica é colocar na parede do quarto das crianças um relógio com estampa de bicho, próximo à mesa de estudo, além de decorar vai ser uma forma divertida de apreender.