Geralmente não nos damos conta de que os nossos gostos não são unicamente de um só estilo, isso ocorre com a nossa escolha para roupas e também para adquirir móveis e objetos. As vezes compramos determinadas coisas sem perceber que ela faz parte do nosso gosto pessoal e do nosso estilo. Isso aconteceu comigo, quando eu montei a minha casa e percebi que eu tinha muitos objetos e “tralhas” que conversavam entre si, que tinham uma unidade estética, que até então eu não tinha percebido.

O que podemos tirar dessa descoberta é que geralmente não temos somente um único estilo de decoração, podemos ter dois ou mais. No meu caso, acabei descobrindo que eram três, o vintage, o industrial e o boho. O que fazer então para administrar estes estilos diversificados? Acontece que eles não são tão diferentes assim e podem ficar bem em uma mistura e resultar em um ambiente único, pessoal e aconchegante, que logo de cara é notado pela sua visita.

Para alcançar um cantinho tão sonhado por muitos só é preciso “escutar” o seu gosto pessoal, quando encontrar algo que goste, não compre por impulso, ou porquê está em oferta e você não pode perder a oportunidade, se agir assim, você vai acabar com um objeto que não consegue encaixar em nenhum ambiente da sua casa, quantas vezes você já comprou algo por impulso e depois não conseguiu encontrar um cantinho sequer para ele na sua casa. Por isso ouça o “seu gosto”, ele está aí com você, e você vai saber que deu ouvidos a ele, quando levar para casa uma peça, cara ou baratinha, não importa, mas que lhe agradou tanto que está á vista de todos na sua casa. Confira as fotos:

01

02

03

04