No post de hoje eu mostro uma casa em Londres, com o interior em tons de cinza e em estilo vintage, com a tranquilidade e a elegância da paleta neutra e “empoeirada”. A cor, a atmosfera e a ambientação que foi criada, produzem paz e sossego. A predominância da paleta neutra e especialmente do cinza, fazem do mesmo o protagonista que molda todas as peças do mobiliário antigo, recuperado, junto a elementos mais modernos de fabricação em madeira e metal, o toque de sabor vintage industrial é ajustado e perfeito, o que faz desta casa um lugar ideal.

03

01

02


O solado de madeira de grande formato pintado de branco, os azulejos tipo tijolinhos do Metrô de Nova York e os acabamentos em tom metálico conferem o estilo industrial na cozinha, bela e simples. Eu me apaixonei por ela completamente. Para quem quer se inspirar no estilo, a dica é não sobrecarregar muito os ambientes, com quadros, fotos, e acessórios decorativos.

06

04

05


Normalmente vamos juntando tanta coisa ao longo da vida e acabamos com a casa cheia de coisas (as vezes que nem sequer gostamos e sem sabermos por que conservamos a peça), longe de ser minimalista, eu acho que a casa em que a gente mora, dorme e trabalha, enfim vive, tem que ter calor, identidade e mostrar que alguém de verdade vive ali, não é um cenário de revista.

07


O que eu tenho procurado fazer para encontrar a medida entre o minimalista e a saturação é separar as peças que eu acho que esteja demais no ambiente, então eu a separo e observo, seu eu puder viver sem ela, está fora. Mais ou menos o que nós fazemos quando arrumamos o guarda-roupas para a chegada de uma nova estação.